Como montar um estúdio fotográfico

Se você é fotógrafo iniciante ou fotógrafo profissional e decidiu montar um estúdio fotográfico, sabe que existem poucos conteúdos detalhados sobre o assunto e também que você precisa fazer um investimento financeiro considerável.

Sei que existem vídeos por aí ensinando a criar um estúdio dentro da garagem ou até mesmo na varanda de casa; sim, isso é possível.

Mas dependendo do segmento que você atua na fotografia e também do público que você quer trabalhar, esse tipo de estúdio não será viável.

Por isso colocamos aqui tudo que você precisa pra montar um estúdio fotográfico, seja ele um estúdio fotográfico pequeno ou um estúdio fotográfico profissional. Pensamos em tudo, desde o local até os computadores, tudo mesmo.

Mas é claro que você não precisa de tudo isso. Por isso leia todo o artigo e comece pelo planejamento do seu estúdio. Assim você vai comprar os equipamentos certos e não vai ficar perdendo tempo com coisas erradas.

1. Planejamento

A primeira coisa que você fotógrafo precisa fazer é planejar e isso é fundamental no sucesso do seu estúdio de fotografia.

Não faça nada antes de criar um planejamento sério, detalhado.

A pior coisa que um fotógrafo pode fazer na hora de montar um estúdio fotográfico é sair comprando flashs e tripés antes de colocar tudo em uma planilha ou na ponta do lápis.

Tudo é planejamento. Não se cria um carro do nada, é preciso planejar.

Não se abre uma empresa do nada, é preciso planejar.

Pra se montar um estúdio fotográfico é a mesma coisa, você fotógrafo precisa planejar tudo.

Eu particularmente gosto de uma boa planilha.

Abro o computador e listo tarefas, tudo que tenho e que preciso pra executar uma tarefa.

É bom ir se acostumando com planejamento porque quando seu estúdio fotográfico estiver pronto você vai precisar planejar as datas e horários de atendimento dos seus clientes, além de planejar temas para ensaios e estruturas para atender seus clientes também.

Tudo é planejamento!

Se você é um fotógrafo ansioso e quer sair fazendo todo sem planejar, pode ir, vai na fé.

Porém saiba que planejando você economiza tempo na execução dos seu projeto e também dinheiro no investimento da criação do seu estúdio fotográfico.

Nesse artigo listei diversas coisas que você precisa planejar, para calcular o custo da montagem do seu estúdio e depois investir.

Um pouco abaixo eu separei por tópico tudo que você vai precisar para montar seu estúdio fotográfico.

Fique tranquilo, você não precisa comprar tudo aquilo, mas entender que será necessário um bom planejamento na hora de montar seu estúdio fotográfico.

2. Custos de montar um estúdio

Quanto custa montar um estúdio fotográfico?
Quanto devo investir em equipamento fotográfico?
Quanto investir em publicidade?

Não existe um valor de investimento mínimo ou máximo, mas uma coisa é certa: O que você tiver de dinheiro pra investir no seu estúdio fotográfico será utilizado, afinal de contas nós como fotógrafos queremos sempre a melhor câmera, a melhor lente, a melhor iluminação.

O grande segredo é não sair por aí gastando todo seu dinheiro em luzes e tripés.

Primeiro você tem que saber quais serão as luzes mínimas necessárias para você começar a fotografar no seu estúdio.

Tenho visto fotógrafos investindo muito dinheiro em flashs importados, grandes fontes de iluminação quando eles precisariam na verdade de luzes menores e mais concentradas.

Da mesma forma também vejo fotógrafos comprando refletores de jardim que possuem uma péssima tonalidade de cor, para iluminarem seus cenários.

O pior investimento que você pode fazer é comprar aquilo que nunca deveria ser comprado.

Eu mesmo, no início da minha caminhada comprei vários acessórios que eu nem usava, mas por ter visto vídeos no Youtube ou anúncios em sites de fotografia, acabava comprando, pensando que tal acessório mudaria minha fotografia completamente.

Quanto você tem pra investir hoje?

Essa é uma das perguntas mais importantes que você tem que responder.

Agora, se você já tem uma grana separada pra investir, é hora de colocar o planejamento em prática e começar a se movimentar.

Se não tem nenhum centavo ou não pensou nisso ainda, saiba que é possível criar uma estratégia pra levantar dinheiro rápido e ter uma reserva financeira pra investir no seu estúdio.

Tem uma aula dentro do treinamento Fotógrafo de Valor que ensina como levantar dinheiro rápido na fotografia.

3. Execução do projeto

Chegou a hora de montar seu estúdio fotográfico.

Hora de tirar do papel as ideias e começar a colocar em prática.

Nesse ponto do projeto você já consegue se ver dento do seu estúdio de fotos.

Então aproveita que você está começando a executar seu projeto e mostre para o máximo de pessoas possíveis que você está começando seu estúdio fotográfico.

Assim seus futuros clientes irão acompanhar o passo a passo da montagem do seu estúdio de fotos, ver e conhecer detalhes da sua vida e como você se porta diante das dificuldades.

Isso é bom pra humanizar a sua marca nas mídias sociais e também pra mostrar o carinho e o cuidado que você tem ao montar um estúdio fotográfico para seus clientes.

Na hora de começar a executar a montagem do seu estúdio, comece pelo principal: o local.

Sem um lugar definido fica difícil criar um estúdio fotográfico.

Eu sei que é possível ter um estúdio fotográfico móvel, itinerante, eu mesmo tenho um.

Mas hoje eu tenho uma base, um lugar fixo onde atendo meus clientes com mais conforto e segurança.

Na execução você fotógrafo pode ou não seguir um passo a passo.

O importante é fazer as coisas com calma, e sempre consultar sua lista de prioridades.

Nessa lista estão todos os investimentos que você tem que fazer pra montar seu estúdio fotográfico.

4. Localização do estúdio fotográfico

Você precisa de um lugar pra montar seu estúdio.

Pode ser em uma garagem, uma sala comercial, um terraço ou um galpão, mas você precisa ter um local definido.

Escolha o local pensando no público alvo, mas também sabendo quais são suas condições financeiras.

Eu por exemplo, comecei meu estúdio fotográfico dentro de uma sala em uma fábrica de móveis.

O local nem era meu, eu utilizava o local pra fotografar móveis para um cliente, e o local ficava vazio grande parte do tempo.

A empresa me emprestou a sala pra eu fotografar quando eu tivesse clientes, então eu ia lá uma vez por semana e fotografava meus clientes lá.

Era uma sala ampla, com teto alto, porém ficava na beira da rua, com muita poeira, e o banheiro não era bacana.

Na verdade o banheiro era muito ruim.

Um dia uma cliente pediu pra usar o banheiro e eu fiquei completamente sem graça porque, embora estivesse limpo, o banheiro era antigo e sem azulejos, causando um aspecto de velho e sujo.

É bom que seu estúdio seja bem localizado, e que a localização tenha pontos de referência para facilitar a chegada dos seus clientes ao estúdio fotográfico.

Um fator determinante para o sucesso de um estúdio fotográfico é a sua localização.

Mas fique tranquilo caso você não tenha uma boa localização agora.

Eu aconselho você a começar, mesmo que seja em um espaço simples.

Comece o quanto antes, assim você terá caixa e estrutura pra no futuro encontrar um local melhor.

Pense sempre em melhorar, em buscar uma melhor localização para seu estúdio fotográfico, mas lembre-se que você tem que dar um passo de cada vez.

5. Espaço interno no estúdio

Um bom espaço interno é fundamental.

Existe um mito no mercado fotográfico que estúdio tem que ser amplo, muito bem localizado, com estrutura de primeiro mundo, mas a verdade é que muitos fotógrafos que estão montando seu estúdio fotográfico normalmente tem pouco investimento.

Sendo assim, você precisa ter um espaço interno que consiga fotografar uma pessoa, uma única pessoa ou produtos pequenos.

E assim você já começa seu estúdio fotográfico, e com o passar do tempo o número de clientes vai aumentando e você buscará por um espaço maior e melhor.

É claro que se você já tem um local amplo pra montar um estúdio fotográfico é melhor, pois já de início você terá oportunidade de atender mais públicos, e melhorar seu faturamento.

Dependendo da área de atuação o espaço interno do seu estúdio fotográfico dever ser bem grande.

Me lembro que comecei a fotografar sofás em um estúdio de 4 metros de largura, e já na primeira semana apareceu um sofá com 6 metros pra fotografar.

Tive que dividir o sofá em dois e realizar diversas montagens no Photoshop.

Depois, por precaução, fotografei o sofá no passeio do estúdio, eu de um lado da rua e o sofá do outro.

No início do estúdio fotográfico nós passamos um pouquinho de aperto mesmo.

Por isso a importância de saber o que você vai fotografar.

Caso seu objetivo seja fotografar pessoas, você pode pensar em um espaço um pouco menor.

Hoje, por exemplo, meu estúdio tem um espaço pra retratos com 3,5m de largura, e eu nunca precisei de mais do que isso pra fotografar pessoas.

Lembre-se que os rolos de fundos de papel fotográfico pra fundo infinito tem no máximo 3mts de largura, por isso não precisa exagerar no tamanho do seu estúdio.

Você precisará também de um espaço armário ou local pra guardar seus equipamentos, além de uma ou duas mesas pra colocar os pertences dos seus clientes.

Dê uma atenção especial ao espaço de circulação do seu estúdio fotográfico.

Pessoas transitam de um lado para o outro, então é ideal não ter mesas de centro ou móveis nas áreas comuns de passagem de pessoas.

6. Segurança do seu estúdio fotográfico

Ter um estúdio fotográfico seguro é fundamental para o conforto do seu cliente e também pra você evitar preocupações e problemas.

A segurança de um estúdio fotográfico está diretamente ligada a sua localização, mas também a sua estrutura física.

Quanto a localização, na hora de montar seu estúdio fotográfico profissional, evite regiões perigosas e na hora de alugar um imóvel, dê preferência a lugares bem fechados.

Galpões são ótimos pra se fotografar, pois possuem teto alto e normalmente muito espaço interno, porém são lugares mais frágeis quanto a segurança.

Pra quem está começando na fotografia e já deseja ter um estúdio fotográfico profissional eu aconselho a alugar uma sala comercial, de preferência em um bairro mais tranquilo.

Assim você terá, além de um baixo valor de aluguel, um estúdio fotográfico mais seguro.

A segurança de um estúdio fotográfico também parte da estrutura interna e externa do espaço.

Verifique a qualidade das instalações elétricas antes de ligar qualquer equipamento na tomada.

Lâmpadas e computadores podem ser danificados caso a instalação elétrica não esteja adequada.

Não menos importante, verifique os extintores de incêndio do local.

Normalmente ao alugar um imóvel os extintores de incêndio não fazem parte do imóvel, ou seja, eles são de sua responsabilidade.

Também verifique se as trancas das portas e janelas são novas, e, antes de guardar qualquer equipamento no local, troque o segredo das fechaduras por novos.

7. Acesso e escadas

É inevitável encontrar uma sala comercial que possua escadas.

Alguns prédios são antigos e não possuem elevadores, ou o local que você encontrou não necessita de elevadores devido a altura do prédio.

Mas um conselho de fotógrafo é evitar alugar salas pro seu novo estúdio fotográfico onde os clientes tenham que subir muitas escadas.

Eu passo por isso atualmente em estúdio fotográfico, e olha que não são tantas escadas assim.

Eu montei meu estúdio fotográfico no terraço de minha casa.

Temos um amplo terraço e optei por separar uma área do espaço pra construir meu estúdio fotográfico.

São dois lances de escada, um com 14 degraus e outro com 13.

São duas escadas robustas, piso largo e bem acabadas, com degraus bem baixos, que facilita o subir, porém eu já ouvi de algumas pessoas que é estranho ter um estúdio fotográfico em um lugar com muitas escadas.

Acredito que até hoje eu não tenha perdido nenhum cliente por causa das escadas, mas se for possível evitar, evite.

Ao alugar um imóvel para montar seu estúdio fotográfico, opte por lojas no térreo ou no máximo o segundo andar do prédio.

8. Conforto para seus clientes

O conforto de um estúdio fotográfico está ligado a diversos fatores: localização, clima, segurança, tranquilidade, poluição sonora, qualidade do ar, dentre outros.

Alguns desses fatores você não consegue mudar, mas outros você tem poder pra intervir.

Quando falamos de conforto não estamos nos referindo somente a sensação de se assentar em um sofá confortável, mas de um modo geral, a experiência que o cliente terá no seu estúdio fotográfico.

O conforto está ligado a qualidade do seu café, a temperatura da água que o cliente bebe quando tem sede, a cor da parede do escritório, a intensidade das luzes do ambiente, ao volume das músicas que estão tocando enquanto vocês fotografam.

Pense sempre no conforto do cliente; pense como se você fosse o cliente.

Uma ótima maneira de sentir essa experiência é indo a lugares diferentes, vivendo experiências diferentes.

Ao chegar em uma loja de roupas você sente um cheirinho agradável, correto?

Que tal ter esse cheirinho no seu estúdio fotográfico também?

Ao entrar em uma cafeteria você tem opção de adoçar seu café com açúcar, adoçante, açúcar mascavo ou canela, correto?

Que tal dar essas opções para seu cliente também.

Conforto é pensar no cliente primeiro, e na experiência de vida desse cliente no seu estúdio fotográfico.

9. Ar condicionado e aquecedores

Tenha um cuidado especial com a climatização do seu estúdio fotográfico.

O seu cliente não pode sentir calor demais, nem frio demais.

Preocupe-se com a climatização do seu estúdio fotográfico.

Imagine a cena de uma mãe levando a filha pra ser fotografada em seu estúdio, e como está um dia muito quente a maquiagem da mãe começa manchar por conta do calor.

Suas fotos podem ser lindas, seu estúdio pode ser maravilhoso, mas se a experiência dela no seu estúdio não for boa, o valor sentimental pelas suas fotografias passa a ser menor.

Por isso tenha um cuidado especial quanto a climatização do seu estúdio fotográfico.

Se você mora em regiões quentes, providencie o quanto antes um ar condicionado direcionado para a área onde a pessoa está sendo fotografada.

Se você mora em regiões frias, providencie um aquecedor para seu estúdio.

E mantenha sempre o local arejado, com circulação de ar entre as sessões fotográficas.

10. Estacionamento facilitado